Nas entrelinhas do tempo: um mergulho nos livros da Midiateca

Na descoberta dos livros disponibilizados pela Midiateca, é possível viajar no tempo por diversos lugares e se conectar ainda mais com o passado do nosso Espírito Santo

Adentrar o acervo da Biblioteca Estadual e do Palácio Anchieta é como embarcar em uma máquina do tempo, rumo a um passado rico em histórias, culturas e belezas naturais. Cada livro se torna um portal para um universo único, revelando tesouros que iluminam a alma capixaba.

“Uma Viagem Capixaba” (1981), de Caribé e Rubem Braga, é uma leitura essencial para aqueles que desejam se conectar diretamente com a história do Espírito Santo. Através de crônicas e poemas, os autores capturam a essência do estado, desde suas paisagens exuberantes até a simpatia do povo. Esta obra não apenas destaca a beleza natural do Espírito Santo, mas também oferece uma perspectiva íntima sobre a vida e a cultura capixaba.

Para os amantes da história e arquitetura local, os livros “Palácio Anchieta: Patrimônio Capixaba” (2012), “O Acervo de Pinturas do Palácio Anchieta: História e Restauro” (2012), e “Palácio Anchieta: O Restauro de Uma Imagem” (2012) são fundamentais. Essas obras proporcionam um mergulho profundo nesse monumento histórico que é um símbolo da identidade capixaba. Através de fotos, textos informativos e análises detalhadas, os autores revelam a importância cultural e artística do Palácio Anchieta, desde sua construção até os trabalhos de restauração.

Palácio Anchieta: o restauro de uma imagem (acervo: Palácio Anchieta)

Outras literaturas, embora não focadas diretamente no Espírito Santo, oferecem conexões ricas com a colonização capixaba e suas influências. Em “Aventuras de Robinson Crusoé” (1867), de Daniel Defoe, encontramos a narrativa épica de um náufrago que luta pela sobrevivência em uma ilha deserta. Este clássico da literatura nos convida a refletir sobre a resiliência humana e a força do espírito aventureiro, aspectos que também marcaram os primeiros colonizadores do Espírito Santo.

“Breve Notícia sobre a Coleção das Madeiras do Brasil” (1867), de frei José de Jesus Maria Leite, oferece uma visão fascinante da diversidade da flora brasileira. A obra detalha as madeiras preciosas e seus usos na construção civil e na marcenaria e serve como um verdadeiro guia para os amantes da natureza e da história brasileiras, mostrando como os recursos naturais moldaram a vida e a arquitetura locais.

Cada livro do acervo da Biblioteca Estadual e do Palácio Anchieta é uma peça única que contribui para a construção da memória do Espírito Santo. São obras que nos convidam a viajar no tempo, conhecer diferentes culturas, apreciar a beleza natural do estado e refletir sobre nossa história. Através da leitura, podemos fortalecer nossa identidade capixaba e nos conectar com as raízes que nos definem. 

Que livro te faz viajar por outros tempos e lugares? Conta pra gente!

Aventuras de Robinson Crusoé (acervo: Bibilioteca Estadual do Espírito Santo)

Confira alguns livros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.