O repositório digital

Neste repositório está reunida grande parte do acervo de fitas U-Matic do CEDOC da TVE, localizado no Centro Cultural Carmélia. São 1.188 fitas digitalizadas pelo projeto Midiateca Capixaba, totalizando 3.622 vídeos. Esse acervo conta com grande material jornalístico de diferentes épocas, apresentações musicais, documentários, curta-metragens, manifestações culturais e uma grande quantidade de programas que ao longo desses anos fizeram parte do cotidiano da população capixaba.

Preservar e difundir o acervo audiovisual da TVE Espírito Santo é compromisso com a memória de um povo e afirmação da identidade capixaba em toda a sua densidade e riqueza.

Parte do acervo histórico, cultural e artístico que compõem o patrimônio da TVE, uma das instituições da Secretaria de Cultura do Estado do Espírito Santo, está disponível em nosso repositório digital, que pode ser acessado no botão logo abaixo.

Sobre a TVE Espírito Santo

A TV Educativa do Espírito Santo entrou no ar no dia 13 de junho de 1974, através da iniciativa do Governo do Estado, na administração de Arthur Carlos Gerhardt Santos (1971-1975). Educação, cidadania e cultura desde o início estiveram na pauta de conteúdos da emissora.

Hoje a emissora pertence à Rádio e Televisão Espírito Santo (RTV/ES), autarquia vinculada à Superintendência Estadual de Comunicação Social (SECOM). Opera no canal digital 2.1 e é afiliada à TV Cultura. Em 2023, após um plano de reestruturação, passou a se chamar TVE Espírito Santo.

Sua missão é promover e divulgar informações para o público capixaba, levando educação e conhecimento com qualidade e diversidade de conteúdo, por meio de diferentes plataformas, oferecendo uma programação responsável, ética e alternativa, que valoriza a cultura regional e as ações governamentais com isenção e transparência, exercendo e incentivando a cidadania.

Uma emissora pública é parte de um projeto maior de educação, cidadania e participação social. A TVE Espírito Santo enquanto tal, cumpre seu papel como entidade que promove a educação, a cultura e o exercício da cidadania, fortalecendo a cultura nacional e regional; estimulando a produção independente, a regionalização e, sobretudo, respeitando os valores éticos e sociais.

Acesse o nosso acervo na íntegra!